Feminicídio? Irmão da modelo Nayara que morreu ao cair do 12º andar de prédio no Chile, envia carta e pede ajuda à Embaixada brasileira

13

O empresário Gabriel Marcos Vit enviou carta ao ministro das Relações Exteriores, o embaixador Carlos Alberto Franco França, pedindo o auxílio do Governo Federal nas investigações sobre a morte da irmã dele, a modelo cuiabana Nayara Vit.

Nayara, de 33 anos, morreu na noite da última quarta-feira (7), após sofrer queda do 12º andar do edifício onde morava em Santiago, no Chile.

Tratada inicialmente como suicídio, a causa da morte da modelo é questionada pelo irmão, que na carta relata, que horas depois, foram surgindo novos fatos que apontariam para a possibilidade de um feminicídio.

“A funcionária do apto do namorado Rodrigo disse que escutou gritos de Nayara e que escutou um barulho de vaso quebrando”, traz trecho do documento ao Itamaraty.

O irmão de Nayara comenta, ainda, que Nayara não tinha histórico de suicida, não tinha depressão e estava em pleno desenvolvimento como pessoa e muito feliz com a filha.

Vit solicita, assim, que o governo brasileiro cobre e investigue junto ao governo chileno a morte da irmã, já que em razão da pandemia a família tem encontrado dificuldade para ir para o Chile.

Leia abaixo a carta:
FONTE: Repórter MT

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui